Entenda os benefícios da antecipação de recebíveis: duplicata!

//Entenda os benefícios da antecipação de recebíveis: duplicata!

Entenda os benefícios da antecipação de recebíveis: duplicata!

By |2019-06-28T09:57:26-03:0007/05/2019|Sem categoria|0 Comments

Mas afinal, o que é duplicata?

Duplicata é um título de crédito, pelo qual o comprador se obriga a pagar dentro do prazo a importância representada na fatura. A Duplicata ou duplicata mercantil é um documento nominal emitido pelo comerciante, com o valor global e o vencimento da fatura.

A duplicata é uma ordem de pagamento emitida pelo credor, ao vender uma mercadoria ou serviço que prestou e que estão representados em uma fatura, que deve ser paga pelo comprador das mercadorias ou pelo tomador dos serviços. Uma duplicata só pode corresponder a uma única fatura e deve ser apresentada ao devedor em no máximo 30 dias.

Muitos fatores podem contribuir para que uma empresa tenha a necessidade de tomar empréstimos. A inadimplência dos clientes, por exemplo, pode favorecer a queda no fluxo de recursos em determinado período, assim como a baixa nas vendas, a elevação do preço da matéria-prima, entrada de um concorrente, entre outros fatores.

Diante de situações como essas e na ausência de recursos imediatos em caixa, as empresas têm a opção de calcular detalhadamente sua necessidade financeira para o período e então recorrer às opções de crédito do mercado.

Muitas empresas se prejudicam bastante devido à obtenção de empréstimos altos, cujos juros vão tornando a dívida praticamente impagável. Solicitar empréstimos bancários para cobrir outros empréstimos nem sempre é a melhor opção.

Quando a empresa necessita de mais recursos, normalmente, recorre a empréstimos bancários. A maior parte dos bancos proporciona uma linha de crédito voltada especificamente para o financiamento de empresas, com juros mais moderados, dependendo do porte da empresa e do volume do empréstimo.

Uma empresa deve analisar bem antes de se decidir por um empréstimo bancário. Se ela está atravessando uma fase financeira difícil, talvez assumir dívidas com juros altos seja uma atitude muito arriscada.

Mas o empréstimo bancário não é a única opção para as empresas. A antecipação de recebíveis também é uma forma eficiente de levantar dinheiro nas ocasiões necessárias.

A antecipação de recebíveis (duplicatas e cheques) também é usado por algumas empresas para obter capital de giro. Na verdade, trata-se de um adiantamento de valores a serem recebidos, ou seja, a instituição antecipa o pagamento de clientes da empresa descontando duplicatas e/ou cheques.

Como funciona a antecipação de recebíveis?

A instituição não compra duplicatas, antecipa um pagamento. Assim, se o cliente da empresa não efetivar o pagamento devido, a instituição financeira tem o direito de regresso, ou seja, ela cobra da empresa o valor que não foi pago pelo cliente.

A empresa terá, então, o dever de assumir esse pagamento, incluindo juros e outros encargos. Receberá a duplicata de volta e deverá fazer a cobrança ao cliente em débito.

Uma vantagem da antecipação de recebíveis em relação ao empréstimo bancário é que o prazo da negociação é relativamente menor.

Ao contrário do empréstimo, em que a empresa está crescendo com um dinheiro que não é dela (e pagando juros por isso), na antecipação, ela está crescendo com um dinheiro ao qual tem direito, fruto de suas vendas ou prestação de serviços.

No caso das duplicatas, o grande “vilão” da história pode ser o cliente inadimplente e não os juros. Mesmo considerando a possibilidade de ter que recomprar o título em caso de inadimplência, os prejuízos financeiros ainda podem ser menores que aqueles provocados por um empréstimo bancário, principalmente se o valor desse empréstimo for muito alto.

Além disso, a empresa pode analisar bem as duplicatas e só descontar os títulos dos clientes assíduos, que são pontuais em seus pagamentos.

Apesar de receber um valor um pouco menor que o devido pelo cliente, a antecipação ainda pode ser a melhor solução para empresas que enfrentam dificuldades financeiras ou desejam crescer, mas não dispõem de recursos disponíveis suficientes.

É melhor perder um pouco do dinheiro a ser recebido que pagar duas ou três vezes mais o valor de um empréstimo feito em um banco.

Descontar duplicatas é, sem dúvida, uma medida mais segura para empresas que desejam crescer sem se comprometer demais com dívidas, recorrendo a expedientes de alavancagem mais moderados e confiáveis.

Se quiser saber mais sobre desconto de duplicatas faça seu pré-cadastro que entraremos em contato com você. Agora é possível receber a vista o que você vendeu a prazo.

Conheça a Trevys FIDC.