Fôlego financeiro para dar andamento nos seus projetos.

/, Finanças, Planejamento Financeiro/Fôlego financeiro para dar andamento nos seus projetos.

Fôlego financeiro para dar andamento nos seus projetos.

 

Muitos empresários sentem uma enorme dor de cabeça, quando se trata de projetos que nunca acabam. Os motivos para isso são diversos: má definição dos objetivos, mudanças de mercado durante o desenvolvimento, um novo posicionamento estratégico pela empresa, falta de recursos, dentre vários outros fatores.

O principal problema decorrente de atrasos é o aumento de custo gerado. O grande trabalho das empresas está canalizado para a melhoria dos processos de forma a reduzir ao máximo os custos. Aí vem um projeto atrasado e pronto gera um enorme gasto para a companhia.

Se identificou com esta realidade e não sabe como resolver este problema?

Então você não pode perder este post com 5 dicas para encerrar aqueles projetos que nunca acabam!

  1. Produtividade:

A produtividade está ligada ao aumento ou diminuição de custos dos projetos. Pessoas, tempo, máquinas e seus esforços não devem ser desperdiçados em nenhuma função. Assim, é fácil entender: projeto atrasado significa a empresa gastar dinheiro enquanto poderia ganhar em outra coisa.

  1. Estabeleça metas intermediárias:

Mesmo definindo um prazo final para o seu projeto, a equipe pode acabar se perdendo no meio do caminho. É isto o que, geralmente, acontece quando há constante revisões de prazos. Neste caso, o prazo não vale de nada porque não é cumprido. Para evitar este problema, defina metas intermediárias e também dê prazos para a conclusão delas.

Com esta definição você consegue saber exatamente em que ponto está o projeto, onde serão necessários ajustes e o que precisa ser feito para que ele seja concluído dentro do prazo estimado. Se a equipe conseguir cumprir todas as metas intermediárias, você saberá que o objetivo final será cumprido dentro do prazo estabelecido. Na situação inversa, você visualizará uma oportunidade para a definição de um plano de ação que contribua para reverter o caso.

  1. Reavalie as necessidades:

Muitas vezes o problema de projetos que nunca acabam é de solução bastante fácil: simplesmente termine-o. Alguns projetos, especialmente os de caráter contínuo, vivem indefinidamente quando não há sequer necessidade que eles existam. Por isso, é preciso fazer uma avaliação contínua sobre a real função de cada um dos projetos abertos para os objetivos da empresa.

  1. Redefina prazos quando for necessário:

A maioria dos projetos possui prazo de início e finalização pré-definido. Durante o andamento desses planos não é indicado mudar prazos com frequência para justificar atrasos.

No entanto, em algumas situações será necessário, e inevitável, reavaliar o tempo de entrega, de acordo com os fatores que impediram a sua conclusão e adversidades que fogem do controle da gerência e dos funcionários.

Nesse caso, avalie as tarefas prioritárias e estime a duração de cada uma delas, junto com o profissional escolhido para executar o trabalho. Isso trará uma sensação maior de compromisso e responsabilidade a esse funcionário e ajudará a equipe a recuperar o tempo perdido.

  1. Antecipe os Recebíveis:

Antecipar o recebimento de recursos que só seriam efetivamente integralizados no futuro, é uma forma de conferir agilidade às operações da empresa em geral. Afinal, com maior liquidez, ela tem a possibilidade de negociar de forma mais agressiva com fornecedores em busca de melhores condições.

Ainda assim, é indispensável que a antecipação de recebíveis esteja inserida dentro de maiores estratégias de expansão de negócios, uma vez que, se usada a longo prazo sem o devido planejamento, pode trazer prejuízos, como acontece com qualquer outra linha de crédito.

Entenda mais sobre a antecipação de recebíveis com a Trevys FIDC.

Crédito para fazer muito mais.

Acesse nossas redes sociais: facebook.com/trevysfidc

Rua Paaibuna, 811 – sala 401. São José dos Campos/SP

Telefone: (12) 4009-2992