Entenda o que é ciclo financeiro e como ele pode ajudar no planejamento de gastos.

/, Planejamento Financeiro/Entenda o que é ciclo financeiro e como ele pode ajudar no planejamento de gastos.

Entenda o que é ciclo financeiro e como ele pode ajudar no planejamento de gastos.

O resultado do ciclo financeiro está baseado na relação do prazo entre os produtos que ficam no estoque, para quem trabalha com venda de mercadoria, do prazo de recebimento das vendas e do prazo em que é feito o pagamento aos fornecedores.

É importante salientar que as análises são feitas com prazos médios, uma vez que o prazo de estocagem varia para cada produto, as políticas de recebimento têm muitas variáveis, e o prazo de pagamento sempre varia conforme cada fornecedor.

O ciclo financeiro é medido em dias e tem a seguinte fórmula:

Ciclo Financeiro (CO) = Prazo médio de estocagem (PME) + Prazo médio de contas a receber (PMCR) – Prazo médio de pagamento aos fornecedores. (PMPF)

CO = PME + PMCR – PMPF

O prazo médio de estocagem, também é conhecido como ciclo econômico. O ciclo econômico somado aos prazos de médio de contas a receber nos dá o valor do ciclo operacional, o ciclo operacional reduzido do prazo médio de pagamento aos fornecedores nos dá o valor do ciclo financeiro.

Supondo que a sua empresa venda bicicletas, e que elas permaneçam no estoque (PME) por um prazo médio de 45 dias, o seu ciclo econômico (CE), o prazo médio de estocagem, será de 45 dias.

PME= CE= 45 dias

A empresa recebe as vendas em um prazo médio de 30 dias, o seu ciclo operacional (CO) será o ciclo econômico (CE) + mais 30 dias de prazo de médio de contas a receber (PMCR) totalizando 75 dias.

CO= CE + PMCR

CO = 45 + 30 = 75 dias

O prazo médio de pagamento dos seus fornecedores é de 60 dias. Assim, o seu ciclo financeiro será igual ao ciclo operacional de 75 dias – 60 dias de prazo médio de fornecedor, resultando em 15 dias.

CF = CO – PMPF

CF= 75- 60 = 15 dias

Quem trabalha apenas com prestação de serviço, é que deixa de existir o ciclo econômico, uma vez que não existe prazo de estocagem, voltando para o exemplo, chegamos ao valor de 15 dias de ciclo econômico.

A administração de qualquer negócio precisa trabalhar com dados, mas do que isso, tratar esses dados como indicadores.

Assim, os indicadores viram metas que são a referência para as ações a empresa, no caso do ciclo financeiro, a empresa deve trabalhar para ter o menor ciclo possível, inclusive, ter o número negativo é o ideal, nesses casos dizemos que as empresas são financiadas pelo fornecedor, nem sempre isso é possível, é necessário conhecer as limitações do mercado, e do setor que a empresa está inserida. O fato é que devemos procurar alternativas para tornar esse valor o mais baixo possível.

Antecipação de Recebíveis:

Nessa modalidade, a instituição financeira antecipa à vista um recurso que seria recebido somente depois de determinado prazo, cobrando um deságio por isso. Por isso, é uma escolha comum para quem necessita de capital de giro ou precisa realizar algum tipo de investimento com certa urgência.

Os valores antecipados se referem a cheques e duplicatas de vendas a prazo, portanto, é a antecipação de dinheiro futuro que a empresa receberá em dinheiro presente. Ao contrário do empréstimo, não é um recurso de uma instituição financeira, mas um valor que já pertence à sua empresa que, com esta operação, entra antes no caixa.

Antecipe os recebíveis da sua empresa com a Trevys FIDC.